O senhor, em vida nunca foi desonesto connosco sobre a situação política do país

O senhor, em vida nunca foi desonesto connosco sobre a situação política do país

11. Maio 2022 0 Por Araújo
Nossa! Meu dia começou mal – não foi desta, eterno professor Artur Júlio
Com toda franqueza , devemos reconhecer que o país perdeu um grande intelectual, um acadêmico de proa, historiador e ideólogo – Prof Dr. Artur Júlio (ISCED-Luanda).Sinto -me de rastos moralmente (me puseste em lágrimas em dimensão oceânica). Pois, foi contigo que nas cadeiras de História de Angola I e II , despertei a necessidade enquanto (pretensos) intelectuais sermos tolerantes e saber separar as águas. O senhor, em vida nunca foi desonesto connosco sobre a situação política do país e jamais juntava política com academia (foi necessariamente por este facto que passei a respeitá-lo muito) ; conselheiro da juventude, muitas das vezes desempenhava papel de pai , uma pessoa com grandes valores humanos (honesto, vertical, incorruptível, solidário e sensível – não fatigava ninguém), em momento algum se deixou corromper moral e intelectualmente aos ideais e convicção de que tinha sobre o país e a vida, por virtude disso, confesso que aprendi bastante e , graças ao senhor desde cedo aprendi que o oponente não constitui “inimigo” e ao aceitar as nossas diferenças o senhor na verdade havia lançado as sementes para a edificação de um verdadeiro Estado Democrático de Direitos. Obrigado por teres existido , eterno prof. Transite em paz!
Artur da Silva Júlio foi membro do Comité Central do MPLA, tendo se destacado no exercício de várias funções, com realce para as de vice-ministro da Educação, director-geral do Instituto Superior de Educação do Lubango da Universidade Agostinho Neto, coordenador adjunto da Campanha Nacional de Alfabetização e director do Centro de Documentação e Investigação Histórica do Comité Central do MPLA.
Foi o coordenador e co-redactor do Projecto de Redacção da História de Libertação da África Austral – O caso de Angola, e coordenador do Grupo Técnico que elaborou o I e II volumes da História do MPLA, obra que, “mais do que servir os intentos do partido”, reflecte um “inegável e profundo” contributo para o conhecimento da História de Angola, nas mais diversas fases.
A carreira profissional de Artur da Silva Júlio, considerado profundo conhecedor da História de Angola e do mundo, ficou, também, marcada pelo exercício da docência universitária, tendo sido responsável pela formação de várias gerações de quadros que asseguram o funcionamento de várias instituições angolanas e não só, “legado que será para sempre recordado com profunda gratificação”.